Setembro Amarelo: conscientizar-se salva vidas!

O mês de setembro carrega uma importante missão, pois é dedicado à prevenção do suicídio.
Essa é uma campanha muito significativa e que todos nós devemos atuar ativamente! É essencial a conscientização sobre a importância que a vida tem e ajudar na prevenção do suicídio, pois esse tema ainda é visto como tabu pela sociedade.
Segundo a OMS, em 2021, 38 países adotaram estratégias nacionais para a prevenção do suicídio, enquanto 87 países obtêm dados de registros vitais de boa qualidade sobre o suicídio, revelando que, em média, 700.000 pessoas morem por suicídios todos os anos. No Brasil, os registros se aproximam de 14 mil casos por ano, ou seja, uma média de 38 pessoas cometem suicídio por dia em nosso país.
Todos esses dados, fizeram a OMS desenvolver quatro novas orientações estratégicas para ajudar os países na prevenção e no atendimento ao suicídio, elas são:
  • Limitar o acesso aos meios de suicídio, como pesticidas altamente perigosos e armas de fogo;
  • Educar a mídia sobre reportagens responsáveis ​​de suicídio;
  • Fomentar habilidades de vida socioemocionais em adolescentes;
  • Identificação precoce, avaliação, gestão e acompanhamento de qualquer pessoa afetada por pensamentos e comportamentos suicidas.
Além disso, falar sobre o assunto de forma consciente é uma opção de prevenção, pois pode ajudar pessoas que estejam passando por momentos difíceis e de crise a buscar ajuda e a entenderem que a vida sempre vai ser a melhor escolha.
Lembre-se: você não está sozinho e se precisar, não deixe de procurar por ajuda!

Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil

O Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil é uma campanha realizada todos os anos, com o objetivo de conscientizar a população sobre a doença em crianças e adolescentes. 

Somente no Brasil, anualmente, cerca de 12 mil novos casos de câncer infantil são diagnosticados, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A doença é apontada como a maior causa de morte entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos

Os tipos mais recorrentes são: tumores do sistema nervoso central, linfomas e tumores sólidos como o neuroblastoma, sarcomas e o tumor de Wilms. Alguns dos seus sintomas podem parecer como os de doenças comuns e por isso é muito importante realizar consultas frequentes ao pediatra, além de realizar exames preventivos

Apesar de a proliferação do tumor ser mais rápida em crianças, no entanto, a quimioterapia tem chances de cura de 80%, de acordo com o INCA. Ainda assim, o diagnóstico precoce é essencial para ajudar no tratamento, aumentando mais ainda as chances de cura.

Por isso, é muito importante ficar atento a alguns sinais e sintomas, como:

  • Protuberância ou massa no abdômen, pescoço ou qualquer outro local
  • Desenvolvimento de uma aparência esbranquiçada na pupila do olho ou mudanças repentinas na visão
  • Hematomas ou sangramento, geralmente repentinos
  • Palidez excessiva ou cansaço prolongado
  • Dores de cabeça com vômito 
  • Perda de peso contínua 

É fundamental que a criança ou adolescente tenha um acompanhamento médico regularmente para o reconhecimento precoce e cuidado apropriado caso a doença seja detectada. Com os cuidados corretos e uma vida saudável, é possível, juntos, lutarmos contra a doença.  

Novembro Azul: A importância da prevenção contra o câncer de próstata

Os casos de câncer de próstata são 75% diagnosticados em homens na faixa dos 65 anos, segundo pesquisa do Novembro Azul INCA. 

 

Por se tratar de uma doença silenciosa, a falta de informação e preconceito afetam no tratamento e diagnóstico precoce. Em consequência da doença, cerca de 42 homens morrem por dia. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, 51% dos homens nunca realizaram uma consulta ao urologista.

 

Por isso, todos os anos, no mês de novembro, as instituições públicas e privadas buscam levar informações através de campanhas com o objetivo de conscientizar e quebrar o preconceito sobre os cuidados e prevenção ao câncer de próstata

 

O câncer de próstata é detectado através de exames como o toque retal e o PSA, esses exames devem ser realizados anualmente por homens a partir dos 50 anos de idade. Com o diagnóstico precoce, as chances de cura do paciente aumentam em até 90%

 

Além disso, adotar uma rotina mais saudável é essencial para melhorar a sua qualidade de vida e proporcionar mais segurança. Pratique atividades físicas diariamente, evite o consumo de álcool e cigarros, tenha cuidado com o sobrepeso e a obesidade mantendo uma alimentação saudável

 

Se algo incomum aparecer em seu dia a dia, consulte o seu urologista o mais rápido possível. Alguns sintomas podem não estar relacionados ao câncer de próstata, mas ainda assim é importante ter um acompanhamento médico.