Tireoide

O metabolismo pode ser traiçoeiro

Esta glândula tem um papel extremamente importante para regular o metabolismo e equilíbrio do organismo, estando relacionada ao funcionamento do coração, cérebro, fígado e rins. Além disso, a tireoide também influencia o crescimento, o ciclo menstrual, fertilidade, peso e estado emocional.

Quando a tireoide não exerce bem sua atividade, ela pode liberar hormônios em excesso (hipertireoidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo). Hormônios em excesso tornam a pessoa hiperativa, nervosa, gera fome e faz com que peso.

Já a falta de hormônio faz com que o metabolismo fique mais lento, e a pessoa se sinta cansada, com mais facilidade de engordar.

Tanto o hipotireoidismo quanto o hipertireoidismo podem ser destacados por meio de check-up periódico e laboratorial com dosagem de hormônios.

O diagnóstico é simples e o tratamento melhora a qualidade de vida.

Entre os principais sintomas de hipotireoidismo estão: cansaço excessivo, sonolência, falhas de memória, dores musculares e nas articulações, aumento dos níveis de colesterol do sangue, ressecamento da pele e unhas, queda de cabelo, prisão de ventre e até depressão.

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCRA), cerca de 9 mil casos de câncer de tireoide serão descobertos entre 2018 e 2019.

Este câncer é usualmente diagnosticado em pessoas mais jovens quando comparado aos outros tipos de neoplastias. As estatísticas mais recentes apontam que a doença é mais frequente no sexo feminino e também pode ter incidência maior em pessoas que foram expostas à radiação previa do pescoço ou que possuam histórico de câncer de tireoide na família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>